domingo, 18 de novembro de 2007

Ai, que meda!!!

Porque conversa de MSN também pode ser coisa séria
Vanessa!! "...o que obviamente não presta sempre me interessou muito..." diz:
ei, fran, como c tah?
FraN __ " When I'm weak I draw strength from you" FOR U NINE diz:
Oláaa, estou bem.. ker dizer, bem desesperada. e vc?
Vanessa!! "...o que obviamente não presta sempre me interessou muito..." diz:
tou bem. desesperada pq ? deixa eu chutar.. tcc
FraN __ " When I'm weak I draw strength from you" FOR U NINE diz:
Ahannnn. parece q nda eu consigo fazer direito. E antes era tão fácil. qdo vc tah pra se formar parece q a pressao eh giganteeeeeeeeeeeeeeee msm q ninguem fale nda
FraN __ " When I'm weak I draw strength from you" FOR U NINE diz: E tem tanta gente boua q acaba naum tendo oportunidade. eh esse meu medo
Vanessa!! "...o que obviamente não presta sempre me interessou muito..." diz:
qdo vejo meus colegas q se garantem morrendo aki no piaui... eita.. é de lascar
FraN __ " When I'm weak I draw strength from you" FOR U NINE diz:
aih deus. q medo
Vanessa!! "...o que obviamente não presta sempre me interessou muito..." diz:
ótima conversa p se ter a essa altura do campeonato... kkkkkkkkkkk
Ótima mesmo. Pensei tanto em minha vida, meus estudos, minha carreira, meu futuro (e meu presente) depois desse papo com a Francinie (uma amiga que mora em São Miguel do Iguaçu – PR, fronteira com o Paraguai – tenho muita coisa legal sobre ela para contar depoooois pra vocês).
A gente traça metas, faz planos, pensa em todos os detalhes, todas as possibilidades... e de repente vem um monstro chamado mercado, outro chamado inexperiência e mais um conhecido como insegurança e bagunçam tudo. Eeeeeeeeeita!!!
Eu, por exemplo, já tenho minha vida profissional definida: do ‘Ódia’ para ‘O Povo’; de ’O Povo’ para ‘Jornal do Commércio’; de ‘Jornal do Commércio’ para qualquer jornaleco do sudeste ou do sul do país; e, finalmente, de lá para uma revista (sem preferências – sendo revista, já seria o início de minha realização). E isso se eu não passar no curso para trainee da Abril (soooooooooooooooooonha!!!) =)
A Fran também deve saber bem o que quer em relação à carreira profissional dela (somos muito parecidas, em quase tudo – inclusive nisso), mas tem coisas que não dependem unicamente de nós, da nossa força de vontade, da nossa garra (por mais que isso conte muito).

Quando penso que gente super talentosa como Natacha Maranhão, Fábio Lima e Marco Vilarinho (pessoas que admiro e cujo trabalho acompanho diariamente - quase que babando) continuam no Piauí, começo a achar que esse pode ser meu destino. Não que me compare a eles... apenas imagino que conquistar espaço lá fora talvez seja ainda mais difícil do que eu venho imaginando.

Não há nada mais desesperador do que isso. E também não adianta achar que “se nada der certo, eu viro hippie” (especialmente no meu caso... não levo o menor jeito para fazer pulseirinha).


Boa sorte, Fraaaaaaaaaan!!!

Bjos a todos!!!



3 comentários:

Hugo disse...

é aí q entra Deus nas nossas vidas... fecho os olhos e peço a ele... as portas se abrem...

dalyne disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
eu não compraria uma pulseira tua!, aliás, poderia até comprar, mas aacho que não usaria. outro ponto: ficar aqui, por acaso, não seria uma opção deles? o PI não merece bons profissionais? (daí a se o PI dá valor a eles, são outros 500, depois a gente conversa...rs).

mudando de assunto, mas ainda falando em PROFISSIONAL: Caralho! o que são as fotos do Fofografo Edson???? pelamor de Deus! pras fotos dele só falando palavrão msm, e tu sabe que "eu num sô disso" (rsrs). manda o Parabéns pra ele todo (O) Dia!!! (tendeu aí - dedinhos...kkkkkkkkk)

Xêru!

dalyne disse...

ah! sim: vai dar tudo ceto! rs