segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Que situação ridícula !!!!

Uespi fechada... eu olha para a Fran... a Fran olha para mim e:

Fran: “Amoooooor, vamo p xops?”;
Eu: “Vamo, amoooooooor... não, vamo não. Eu tou sem crédito do Setut”;
Fran: “Eu ganhei um monte de vale da prefeitura”;
Eu: “Então, vamo”;
Fran: “A gente vai fazer o que mesmo lá?”;
Eu: “Ah, nada”.
Antes tivéssemos ficado fazendo coisa nenhuma em casa mesmo...


Chegando ao shopping (oh, surprise!), nada de energia elétrica. Pensamos em ir embora, mas a máquina de churros estava nos chamando toda serelepe: “venham, venham”. Antes tivéssemos ido para casa comer biscoito Richester sabor chocolate...


Bruno liga para Fran. Eles tinham marcado de “dar uma volta” (é a nooooova) depois das 16h, quando já teríamos terminado de fazer o trabalho final de Relações Públicas (que não fizemos e remarcamos para as 21h30 – no MSN!!). Porééééém, a Fran estava suada, cansada e (o pior) com uma camiseta da Prefeitura. Bruno ligou e ela disse que seria melhor eles deixarem para se ver só no dia seguinte. Antes ela tivesse dito: “olha, eu estou suja e não muito cheirosa. Melhor a gente se ver só amanhã”...


Eis que quem surge no shopping?? Hein, hein?? Bruno. Nós estávamos de saída, mas ele chegou e não vai ser muito fácil faze-lo não pensar que a Fran deu um bolo nele, que ela não quer nada com ele ou que ela não quer sair mais com ele. Antes ele não tivesse resolvido ir conferir in loco se tínhamos mesmo ido embora como ela havia dito...

A conclusão? Aquele papo de “não é nada disso que você está pensando” pode não ser apenas papo de cafajeste!

Nada mais havia a fazer a não ser repetir (infinitas vezes): “Que situação RÍ-DI-CU-LA!!!”


Bjo!






Um comentário:

Isaque. disse...

A Fran, mesmo suada, é sempre cheirosa. ;D Beijo.