segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Coisas de Ciro

Coisas de Ciro









Desbocado, polêmico, muitas vezes incoerente. Ciro Gomes (deputado federal – PSB-CE; esse mesmo, o marido da Patrícia Pillar) é assim. Mas não é apenas isso. Quem assistiu à palestra que o "menino prodígio da política nordestina" ministrou em Teresina na última sexta-feira (21) "das duas, uma" (acho essa construção frasal tão interessante.. rsrs): ou ficou impressionado com o quanto ele é preparado ou deu graças a Deus por ele ter feito uma palestra-relâmpago envolvente e até engraçada.
Eu sou do grupo dos que ficaram impressionados com a capacidade que Ciro Gomes tem de discorrer sobre qualquer assunto. Ele não fica no "achismo", fala com propriedade. Não sei se votaria em Ciro Gomes para presidente em 2010. E isso não importa neste momento. Não falo do Ciro pré-candidato. Falo do Ciro pintado pela mídia como vilão, o Ciro que pode ser arrogante, explosivo, prepotente, inconseqüente.
Apesar de ir contra a diplomacia que aqueles que vivem no meio político devem ter, acho admirável que ele seja espontâneo e fale aquilo que muitos têm vontade de dizer e "não podem" (e isso independe de considerar esse jeito não afeito a meias-palavras como sendo algo positivo ou negativo).

Um comentário:

Jota Pê_The disse...

Pena não terem deixado ele trabalhar pelo NE tanto quanto poderia, no Ministério da Integração; quem sabe ele não estivesse "desviando" muita "verba pública" pros lados do Ceará, ao invés de todos os outros estados do Brasil.
Já tem até slogan:
"Entre o candidato de Lula [ou do PT, conforme seja] e o do PSDB-DEM, prefiro Ciro!" [a política tem suas prognósticas rimas...]