segunda-feira, 9 de abril de 2007

Primeira vez não se sqc

Opressões. Um encontro de estudantes que se propõe a debater um tema tão vasto e tão traiçoeiro quanto esse tem a difícil missão de não perder o rumo. O Encontro Regional de Comunicação – Erecom – 2007, realizado durante a Semana Santa (!!!!) em Fortaleza, caiu nessa armadilha. Entre os discursos apaixonados contra as trocentas formas (im)possíveis de preconceito e as praias e o Sol de Fortaleza (q em nada perde para o do B-R-O-BRÓ), a negrada preferiu a pelegagem (aliás, esse termo é ridículo).

As melhores discussões de que participei aconteceram nos corredores, à frente dos quartos do alojamento, já depois das festas (muito boas, diga-se; qdo não me acabei de dançar, qse rolei de tanto rir...“maconheiro eu num viro nem a pau”, by fanfarrões - rsrs), para lá das duas, três da manhã...concluí q empirismo é bobagem (falam isso desde que eu entrei na academia, mas eu nunca tinha me convencido); que assistencialismo não é mal necessário, é puramente política do voto fácil; que não faz sentido investimento em educação não ser viso como algo emergencial nesse país; que (querendo ou não) somos opressores em potencial (e, em geral, não desperdiçamos esse ‘talento’); que a origem da opressão não está nos olhos do opressor, mas em quanto cada um oprime a si mesmo.

Fora o esvaziamento das discussões, o Erecom 2007 foi muuuuuuuuuito bom. Da mística de abertura (qdo o som dos tambores deu o tom certo para a mistura) à estonteante subida de Narcísio ao palco para cantar “...eu me remexo mto...” e otras cositas mas. Mesmo passando mais de 20 horas enfurnada em um ônibus na estrada, tendo de aturar a “canção mais q repetitiva” (recuso-me a escrever seus versos aqui); mesmo tendo de sair perdido no mundo procurando o ônibus certo p ir p a praia (só a do Futuro pq as outras são mto poluídas); mesmo morrendo de vontade de ter um Dragão do Mar (centro cultural) no quintal da minha casa, valeu muito a pena ir ao Erecom Fortaleza
. Melhor ainda pq (apesar da torcida contrária, né, Diego e Biá?)só perdi uma escova e um creme dentais (a frasqueira não conta pq foi recuperada a tempo).

Depois de muitas tentativas frustradas (e frustrantes) de ir p algum encontro de Comunicação, o Erecom 2007 foi uma ótima primeira vez (inesquecíveis, como elas têm de ser). Meio às pressas (resolvi ir na última semana), foi qse perfeita. O do ano que vem acontece no Piauí e promete ser um ótimo momento de aprendizado. Tou dentro!!!!! Que venha 2008 e que venham os maranhenses, paraenses, tocantinenses...


Obs: desempenho comprometido por Karla Maria, Lyghia Maria, Aline Maria, Lucas e Tiago Igrejas (via MSN).

2 comentários:

Morrer [de Rir] ... disse...

ih..tá faltando mais coisas pessoais nesses teu post aí,viu!! =P

raimundopao disse...

Ninguém está dando nada a vc no Ódia. Vc, com seu talento que dá nos olhos, conquista tudo e a todos. É só trabalhar todo o dia como se fosse o último... (vc sabe do que tô falando rsrsrsr). Um grande abraço para vc e sorte no seu novo desafio. Adoro vc