terça-feira, 11 de março de 2008

Esse negócio de casamento...

Douglas diz:
se voce tiver tempo agora
Douglas diz:
queria lhe falar uns minutos.
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
rapidim
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
já vou dormir
Vanessa !! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
rsrsrs
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
diz
Douglas diz:
eu vou me casar.
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
ruuuuuuuuuum
Douglas diz:
este mes.
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
comassim????????
Douglas diz:
A Iomara está gravida de 5 semanas.
Vanessa!! "... sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins..." diz:
e só p isso vcs vão casar ?????????
Douglas diz:
sim.



É impressão minha ou todo mundo está casando ou tendo filhos ou casando e tendo filhos ou tendo filhos e casando????

Talvez eu esteja ficando velha e o meus amigos tenham chegado à fase do "reproduzem-se" do tal ciclo da vida ("os seres vivos nascem, crescem, reproduzem-se e morrem"). O problema é que eu não consigo ficar feliz por eles entende? Não por mais de 20 minutos.

Foi assim com o casamento do Di. Eu sabia que ele estava feliz, que a Marina estava feliz, que as famílias deles estavam felizes. Eu realmente desejava que eles fossem feliz a dois. E desejo isso em dobro com a chegada do Caio. Mas eu não consigo não pensar nas dificuldades de se construir uma família assim tão novos.

O mesmo acontece em relação ao Douglas. Poxa! Vai casar só porque a Iomara engravidou? Não. Eles se amam e, segundo ele, apenas estão adiantando algo que aconteceria talvez daqui a um ano. Será que daqui a um ano eles ainda estariam juntos? Eu disse a ele: "eu te amo demais para achar isso bom".

E o meu irmão? Casou por amor quando tinha minha idade. Três depois, ainda não tem filhos com a Amanda, mas sabe direitinho as dificuldades de casar tão novo.

Difinitivamente, eu não acredito na instituição do casamento. Talvez por essa minha mania de ser livre demais ou por achar que um par de alianças não vai tornar um casal mais cúmplice, mais unido. Porém, independentemente disso, eu deveria ficar feliz por meus amigos, pela importância dessa nova fase da vida deles. Deveria... é, acho que realmente sou muito egoísta!

Bjooo!

obs: dia feliz!

Um comentário:

MILENA CARDOSO disse...

tu é uma pessoa ma sabia?n se escreve esse tipo de coisa sobre ninguem!se vc "ama" seus amigos como vc diz n era isso q devia pensar muito menos PUBLICAR!se toca