sexta-feira, 21 de março de 2008

"O pobrema é meu, a vida é minha!"

Se tem uma coisa que coloca todas as pessos em um mesmo balaio, sejam elas quem forem, é um negocinho chamado PRO-BLE-MA.

Acho engraçado quando alguém diz: "O Joaozinho é problemático". E alguém lá sabe o que se passa na vida do Joãozinho para dizer um negócio desses?

Eu tenho problemas - muitos deles.
A Lyghia, que parece a pessoa mais feliz do mundo, tem problemas.
O Douglas, que é um crânio, tem problemas.
O Juan, que é rico, tem problemas.
A Nil, que é a criatura mais serena que eu conheço, tem problemas.
A Nat, que é divertidíssima, tem problemas.
O Arthur, que mora na Holanda, tem problemas.

Há quem se desespere, há quem passe a tarde no shopping gastando dinheiro, há quem finja que não é consigo, há quem saia pedindo conselho a todo mundo, há quem guarde para si. Cada um lida com isso como quiser/souber.

Eu choro. Choro muito. Como diria o Hérlon, choro "dicumforça". E não acho isso ruim. Ao contrário: não há nada mais revigorante! Talvez seja ruim para as pessoas que gostam de mim, talvez elas tenham aquela terrível sensação de impotência. Fico triste por elas, mas isso deve fazer parte do meu jeitinho problemático de ser.

Bjo!!

2 comentários:

Ly... disse...

Miga...fica assim não, q a gnt tem problemas mas é só chorar um poquim q alivia uns 50%...concordo plenamente, e os otros 50% a gnt arruma junta um jeito de resolver!
e se vale de consolo, tbm tenho problemas, e do pior tipo!
ps.: realmente só pareço a pessoa mais feliz do mundo, meu sorriso radiante não está a mostra a tds os instantes...

Amu-te!

Hugo disse...

Problemas do latim...

do Grego...

do Alemão...

a falta de sono me fez vim aqui! tu deixa de doidisse com esse negócio de PRO...