sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Eu caso! Eu caso!

Pergunto eu para meus colegas de redação: “Gente, como eu faço para me desmanchar em elogios ao Carlos Wagner e ao Sebastião Ribeiro Martins na minha matéria sem parecer que eu estou me desmanchando em elogios a eles?”.

Carlos Wagner é procurador eleitoral do Ministério Público Eleitoral.

Sebastião Ribeiro Martins é juiz eleitoral.



Ontem, esses dois caras foram responsáveis pela sessão mais massa a que já assisti no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (aliás, a única). Carlos Wagner é o requerente do pedido de perda de mandato eletivo (CASSAÇÃO) de mais de 800 parlamentares ‘infiéis’ no Piauí; Sebastião Ribeiro Martins foi o relator do primeiro caso a ser julgado, o do presidente cassado da Câmara Municipal de Picos, Chico de Chicá (que saiu do PP e migrou para o PMDB após 27 de março de 2007 (quando o TSE expediu resolução regulamentando a questão).

Acompanhei a sessão quase babando. Nossa, eu casaria com qualquer um deles (pena que os dois já são casados).. tão inteligentes, bem preparados, bem articulados... não resisto a homens inteligentes (suspiros). Mas o que chamou minha atenção foi o fato de, diferentemente dos demais membros daquela Corte, os dois me parecerem os únicos que estavam levando realmente a sério o que estavam fazendo ali, sem vaidades, sem exibicionismo, sem narcisismo. Apenas por serem sérios e íntegros.

Poucas vezes escrevi matérias para a editoria de política com tamanha convicção de que não havia algum tipo de picaretagem envolvida. Poucas vezes escrevi uma matéria com tanta vontade de escrevê-la. Tudo porque achei que o trabalho daqueles dois caras deveria ser tratado com a importância merecida.

Bjos!!

2 comentários:

Hugo disse...

blerg... Eu pensei q tu ia dar Creditos p minha prima Geórgia Advogada do PP, tu vem elogiar esses caras, não... Campanha Dalyne Atualiza

Isaque . disse...

Seriedade? Em cargos públicos? Preciso assistir a uma sessão dessas também. Beijos.